terça-feira, 26 de março de 2013

A história da Matemática





               Os números fazem parte da vida das pessoas diariamente e são usados por elas a todo tempo e a muito tempo.Já imaginou como seria a vida das pessoas sem os números pra representar o valor do dinheiro, as medidas, identificar o número da casa, e tudo mais que utilizamos com a representação numérica? Com certeza você deve estar curioso em saber quem inventou os números e os cálculos.
 Então senta que lá vem à história...

          O homem primitivo vivia daquilo que a natureza lhe dava, não sabia nem precisava saber quantos objetos tinha, mas com a invenção da agricultura, e a domesticação de animais o homem necessitou contar e registrar, o sentido dos números e dos cálculos.
Descobrindo assim os números.

           O primeiro modo utilizado pelo homem como meio de contagem foi os dedos, alguns povos usavam até os dedos dos pés. Com o tempo os primitivos passaram a fazer registros entalhados em osso ou madeiras para registrar a pesca ou a caça do dia. Depois os pastores registravam seus rebanhos com pedras, separando o número de pedras de acordo com o número de ovelhas que soltava no pasto. Quando os animais voltavam ele tirava uma pedra para cada animal que voltava ao rebanho.
                      
                      

         E assim foi evoluindo suas formar de registrar quantidades, já que não existiam números.Com o passar dos tempos, passaram a ser utilizados gestos, expressões, palavras e símbolos para representar quantidades.
É interessante ressaltar que a palavra cálculo, do latim, significa “contas com pedra”.

OS NÚMEROS

      E somente depois de muitos séculos, os egípcios passaram a representar os números, de uma maneira mais próxima a atual, usando o sistema decimal, onde os números eram agrupados até nove e depois mudavam de símbolos:


                        
          Os Romanos também passaram a representar os números utilizando apenas sete símbolos ou letras:


                             

           Algumas regras importantes para entender a formação dos números romanos:
  • Repetindo o mesmo símbolo duas ou três vezes (nunca mais que três) o número vale duas ou três vezes mais, com exceção dos símbolos V,L e D que não se repetem.
  •  Os símbolos I ,X e C quando posto a esquerda de um símbolo de maior valor representa diferença, sendo que:
      • I só se coloca a esquerda de V e X;
      • X só se coloca a esquerda de L e C
      • C só se coloca a esquerda de D e M

       Embora não utilizemos este tipo gráfico de números no cotidiano, ainda podemos utilizar em algumas situações como: capítulo de livro, relógio, escrita de números em séculos e leis, na designação de reis e papas de mesmo nome, etc.
                              
          Os números romanos  curiosamente foram baseados na contagem dos dedos. Veja como, os romanos escolheram seus símbolos?





 I ou II ou III são diferentes representações de dedos.

Na figura ao lado o polegar e o dedo mínimo formam um V. Um símbolo bem mais fácil em relação ao desenho de uma mão.
Dez dedos são duas mãos, e X representa dois "Vs" (em sentidos 
opostos).



 Uma tabela de números para você ampliar seus conhecimentos...
                            

Tabela de números romanos


O Sistema Indo-arábico, é a representação gráfica numérica  que mais se aproxima  da  que usamos hoje, ela é decimal e possui 9 símbolos distintos para representação de valores, incluindo o “0”  para representar o vazio.

                           


           Embora os números tenham sido inscritos pelos indiano, foram os árabes que que propagaram essa forma de contagem, através do matemático  Al-Khwarizmi, que nomeou os números como algarismos.

OS ALGARISMOS

         Os algarismos foram criados pelos árabes e trazidos para o Ocidente, embora não tenha argumentos reais sobre como surgiu a ideia dos formatos dos números, o argumento do número de ângulos existente  no desenho de cada algarismo é muito curioso.

                                          
NÚMEROS:  1,2,3 e 4
                                        
NÚMEROS: 5, 6, 7 e 8
                                                       
NÚMERO: 9
                                                          
O mais interessante de todos! 
NÚMERO:  "0"  !

        Vamos brincar com os nossos conhecimentos matemáticos adquiridos? Tente responder as atividades propostas:

                                                        


                        
                             

                


Que horas são?

Relógio 1: 

Relógio 2: 


Relógio 3: 


Relógio 4: 


Relógio 5: 
Relógio 6: 

Relógio 7: 


Relógio 8: 


Relógio 9: 


Relógio 10: 














































Nenhum comentário:

Postar um comentário